MERODIVING CENTER MADEIRA

Galo

Ilha da Madeira

galo mergulho madeira

O mergulho do Galo está localizado na zona costeira do Caniço, a menos de 50 metros do Galo Hotel Resort, originando o seu nome. É um local privilegiado, inserido na Reserva Natural do Garajau, com águas abrigadas, calmas e normalmente límpidas, ideal par um mergulho relaxado.

O fundo é constituído por escoadas lávicas que se estendem dos 6 metros aos 30 metros de profundidade e formam três línguas de rocha intercaladas por zonas de areia e rocha solta.

O mergulho começa aos 6 metros de profundidade dentro da zona balnear do Galo, local onde existe uma pequena gruta muito visitada por mergulhadores em apnéia que frequentam a zona balnear. Em direção ao sul, progredindo ao longo de uma das línguas de lava solidificada e em seguida, após uma zona de areia, encontramos uma parede de rocha que pertence a outra dessas línguas. Essa parede, rica em vida, conduz em profundidade até aos 30 metros, onde termina com uma abertura circular que atravessa a formação de um lado a outro.

Daí, ao subir em direção ao Oeste podemos conhecer a terceira parte da formação rochosa. Aqui podemos encontrar nuvens de castanhetas amarelas (Chromis limbata),muitas garoupas (serranus atricauda) de vários tamanhos e badejos (Mycteroperca fusca) que normalmente são tímidos e não se deixam aproximar. Na zona superior da formação a 12 metros de profundidade, existe um buraco que alberga um moreão (Gymnothorax unicolor) já conhecido pelos mergulhadores do Galo como Esmeralda.

No fundo de areia podemos ver um grande cardume de roncadores (pomadasys incisus) que aproveita os detritos para se alimentar. Na zona superior de calhau rolado, escondida entre um calhau e outro está uma anémona gigante (telmatactis cricoides). Durante o regresso e no patamar de segurança o mergulhador é acompanhado por curiosos peixes – porco (Balistes capriscus).


voltar

Espécies residentes habituais
Badejo Mycteroperca fusca | Moreão Gymnothorax unicolor | Peixe-porco Balistes capriscus | Roncador Pomadasys incisus | Anémona gigante Telmatactis cricoides | Castanheta-amarela Chromis limbata